Universo Você é o riso A passada ligeira O sorriso envergonhado O rebolado traiçoeiro Você é o canto A melodia completa A harmonia sonora A música certa. Você é a luz A estrela cadente A noite solitária O universo carente. Poema de Marcelo Silva Leiam mais poemas no blog do autor: http://opescador-de-ilusoes.blogspot.com/

Leia mais →

Solidão Crepuscular por Marcelo Silva a Carmen Silvia Presotto Cai a tarde aos pés Implorando poesias. Declamo Billac Leio Carmen Café puro me congela os neurônios o conhaque falsificado não me alegra… Tenho a tarde e as dobras do tempo em encaixes com postigos… Entre poemas invento veredas vestígios de caligrafia sinais de poesias. Me […]

Leia mais →