NADA

tudo é
grana
o que
liberta
e encana

tudo é
grana
do que
consome
e vende drogas

tudo é
grana
do alimento
assaltado
ao mercado abonado

tudo é
grana
da cruz
da mala
à testa

sou poeta
minha bala
é de tinta
imagens, de fogo
e coração que arde

Lib(v)erdades!

Carmen Silvia Presotto – #vidráguas, agosto de 2017.

Foto de Edouard Boubat, colada do Mural de Arquivos Vinis, mural que leio e recomendo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *